uppOut com João Candido

11695731_10204534521349120_1230898986328785801_n.jpg

Uma volta de 360º na minha vida…

Uma frase que parece estúpida à primeira vista. Mas no fundo é o que sinto após alguns meses na uppOut.

Após a minha chegada a Lisboa, e cerca de 1 no de trabalho em consultoria de SAP, acidentalmente conheci o Ricardo. Uns copos a mais, uma boa conversa, cheia de parvoíces como nós tanto gostamos, e nada mais se passou.
A minha vida seguiu naturalmente, até que dois meses depois, estava eu já sentado no meu trabalho, quando recebi uma chamada às 9h da manhã em que apenas ouvi “Tas bom? É o Ricardo Paiágua…quero-te contratar”. Provavelmente o “Bom Dia” mais estranho que alguma vez recebi.
Uma mistura de confusão, sensação que finalmente tinha conhecido alguém mais maluco do que eu, e um nervoso miudinho com vontade de saber mais. Ao final da tarde voltamos a falar e o Ricardo explicou-me que existia a uppOut e a powerupp, mas que nada interessava só era preciso ter vontade de mudar o mundo.
Como qualquer jovem, passei o fim de semana em casa e tomei uma ponderada decisão: despedi-me na segunda-feira de manhã.
Nesse mesmo dia, o Ricardo convidou-me para ir a um jantar onde ia conhecer o grande chefe. Mais uma vez, uns bons copos, uma boa conversa e conheci pela primeira vez o grande chefe Mário Costa.

Desde então tem sido uma aventura engraçada. Desde as primeiras reuniões com administradores de grandes empresas a que fui atirado sem saber o que se ia passar, até às propostas que fiz sem saber ainda bem do que se tratava. Um mar de oportunidades para errar, mas pela primeira vez, a verdadeira oportunidade de aprender e conhecer o mundo real.

Conheci duas pessoas, que estavam a tentar criar uma empresa a pensar em algo muito maior e mais relevante do que dinheiro.

A minha vida deu uma grande volta, passei de uma empresa de consultoria de um software, para uma start up/empresa/agência (o que preferirem chamar). Mas no fundo percebi que tinha sido uma volta de 360º, porque nada do que importava na minha vida mudou. No sitio onde trabalho, sinto-me tão bem como na casa onde nasci e cresci com os meus pais. Um sitio onde estou rodeado de pessoas com valores, que me ensinam e obrigam a ser uma pessoa melhor todos os dias.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s