“Obrigado pelas palmas, mas não tenho onde dormir.”
Foram estas as palavras de um médico amigo que nos tiraram qualquer capacidade de resposta verbal.
E com a falta de palavras para responder, passamos à ação.

“Acolhe um Herói” é uma iniciativa solidária encabeçada pela uppOut que procura nada mais, nada menos, que oferecer um pouso de descanso para os que todos os dias se mostram incansáveis perante a pandemia que vivemos.

Os que todos os dias dão o corpo ao manifesto.
Os homens e mulheres que põem a vida de milhões à frente das suas.
Aqueles que não nos viram a cara mesmo quando não respeitamos os seus pedidos para que fiquemos em casa.
Os que temos aplaudido em uníssono todas as noites.
Aqueles que se expõem todos os segundos do seu dia a uma doença que fechou milhões em casa.
Os tais, que trabalham a triplicar para que possamos voltar a abraçar os nossos filhos, pais e avós.
São os mesmos que estão em risco diariamente e que não podem abraçar os seus filhos, pais e avós.

Estes, que não distinguem vítimas e que dão o que têm e o que não têm, pelos que têm tanto para viver.
Estes, que perante todo o conforto que oferecem, não recebem nenhum do estado.
Os nossos profissionais de saúde.
Os nossos heróis.

Médicos, enfermeiros e auxiliares de saúde, pela profissão de risco e exaustiva que apresentam, precisam de isolamento e descanso. Por isso, a uppOut faz um apelo:

  • Quem tiver habitações vazias nas proximidades de hospitais e esteja disposto a ceder o espaço para acolher um destes heróis, por favor visite www.acolheumheroi.pt
  • Preenche o formulário com os dados da habitação;
  • A equipa uppOut garante a segurança da informação e fará chegar a oportunidade a um profissional de saúde que necessite do seu merecido descanso;

Um processo simples e que dá uma ajuda preciosa a quem merece mais que um aplauso. A quem não tem mãos a medir para o tanto que faz por nós.

Eu não tenho casas vazias, como posso ajudar?

  • Ajude-nos a fazer chegar a informação a alguém que possa estar em posição de ajudar;
    • Partilhando o site do projecto nas suas redes sociais ou partilhando esta notícia com os seus contactos;
  • Se tiver uma empresa de retalho, estamos totalmente disponíveis a debater logísticas de apoio e fornecimento de bens primários de higiene e alimentação para as casas fornecidas;
  • Qualquer outro tipo de doações como pijamas, roupa de cama, cobertores, mantas, etc.
  • As suas palavras podem fazer toda a diferença. Mande a sua mensagem de motivação, agradecimento ou sugestões para: obrigado@acolheumheroi.pt

Se tiver poder de decisão estadual, sugerimos uma recompensa aos portugueses que acolhem heróis. Por exemplo: oferecer 2 anos de IMI nas casas que recebem estes heróis. Why not? 🙂

E lembre-se: eles não têm nome.

São profissionais de saúde. Mas também não perguntam o nome das vítimas antes de fazerem tudo o que está ao seu alcance para as salvarem. E isso, é a definição de um herói.

www.acolheumheroi.pt/